BlogNoticias

Gastos com nuvem pública vão crescer 21,7% em 2023, para R$ 3 trilhões

Os gastos mundiais de usuários finais em serviços de nuvem pública devem crescer 21,7%, totalizando US$ 597,3 bilhões (R$ 3 trilhões) em 2023, contra US$ 491 bilhões em 2022, de acordo com a última previsão da consultoria Gartner. A computação em nuvem está impulsionando a próxima fase dos negócios digitais, à medida que as organizações buscam disrupção por meio de tecnologias emergentes, como inteligência artificial generativa (IA), Web3 e o metaverso.

“Os provedores de nuvem de hiperescala estão impulsionando a agenda da nuvem pública”, disse Sid Nag, vice-presidente analista do Gartner. “Hoje, as organizações veem a nuvem como uma plataforma altamente estratégica para a transformação digital, que exige que os provedores de nuvem ofereçam recursos mais sofisticados à medida que a concorrência por serviços digitais esquenta.”

“Por exemplo, a IA generativa é suportada por grandes modelos de linguagem (LLMs), que exigem recursos de computação poderosos e altamente escaláveis ​​para processar dados em tempo real”, acrescentou Nag. “A nuvem oferece a solução e a plataforma perfeitas. Não é por acaso que os principais participantes na corrida de IA generativa são hiperescaladores de nuvem.”

Espera-se que todos os segmentos do mercado de nuvem cresçam em 2023. Prevê-se que a infraestrutura como serviço (IaaS) tenha o maior crescimento de gastos do usuário final em 2023 em 30,9%, seguido por plataforma como serviço (PaaS) em 24,1% O Gartner prevê que até 2026, 75% das organizações adotarão um modelo de transformação digital baseado na nuvem como a plataforma subjacente fundamental.

“A próxima fase do crescimento da IaaS será impulsionada pela experiência do cliente, resultados digitais e de negócios e o primeiro mundo virtual”, disse Nag. “As tecnologias emergentes que ajudam as empresas a interagir mais de perto e em tempo real com seus clientes, como chatbots e gêmeos digitais, dependem da infraestrutura em nuvem e dos serviços de plataforma para atender às crescentes demandas por poder de computação e armazenamento.”

Enquanto a infraestrutura de nuvem pública e os serviços de plataforma estão impulsionando o maior crescimento de gastos, o SaaS continua sendo o maior segmento do mercado de nuvem em gastos do usuário final. Os gastos com SaaS devem crescer 17,9%, totalizando US$ 197 bilhões em 2023.

“O substrato tecnológico da computação em nuvem é firmemente dominado pelos hiperescaladores, mas a liderança da camada de aplicativos de negócios é mais fragmentada”, disse Nag. “Os provedores estão enfrentando demandas para redesenhar as ofertas de SaaS para aumentar a produtividade, alavancando recursos nativos da nuvem, IA incorporada e capacidade de composição – principalmente porque os orçamentos são cada vez mais direcionados e de propriedade de tecnólogos de negócios. Essa mudança iniciará uma onda de inovação e substituição na plataforma de nuvem e nos mercados de aplicativos”.

Fique por dentro das inovações tecnológicas aqui no blog da https://www.itexperts.com.br/contato/

Originalmente publicado em Convergência Digital

Mantenha-se atualizado

Leia também

BlogNoticias

A COMPUTAÇÃO EM NUVEM JÁ FAZ PARTE DO SEU DIA A DIA

Quero saber mais
BlogTecnologia e Educação

Escola na nuvem para professores

Quero saber mais
BlogNoticias

Novo mecanismo generativo AWS

Quero saber mais
Abra o chat
Olá, gostaria de um atendimento?
Olá! No que podemos te ajudar?