BlogNoticias

65% das empresas planejam aumentar os gastos em cloud nos próximos dois anos, prevê estudo

Gastos em Cloud? A Unisys divulgou um novo relatório que traça o perfil da função de TI e das tecnologias de nuvem e IA à medida que a transformação dos negócios continua a evoluir. Apesar dos desafios econômicos o estudo constatou que as empresas estão determinadas a priorizar os investimentos em recursos digitais para impulsionar o crescimento e gerenciar os custos simultaneamente. No entanto, a tensão entre a TI e o C-level — juntamente com os desafios de talentos iminentes e as preocupações éticas relacionadas à IA — continua a limitar as empresas de liberar todo o seu potencial em investimentos digitais.

A pesquisa destaca insights importantes, como:

– 85% das empresas investem em tecnologias de nuvem, mas apenas 19% as adotaram e as usaram efetivamente para melhorar seus negócios.

– 15% estão integrando IA em suas estratégias de negócios, deixando os 85% restantes prontos para disrupção.

– Mais de 55% das empresas reconhecem que não entendem completamente o impacto ético da IA.

– 58% adotam uma abordagem proativa para as vulnerabilidades e ameaças de segurança; 42% são reativos.

“Adotar uma mentalidade digital de ponta, com gastos de cloud nativa, permitirá que as organizações sejam mais ágeis e liberem seu potencial de crescimento. As empresas estão enfrentando pressões para maximizar os recursos, e essa mudança estratégica inspirará a inovação e gerará impacto”, disse Manju Naglapur, vice-presidente sênior de soluções de nuvem, aplicações e infraestrutura da Unisys.

Gastos com cloud estão imunes a problemas econômicos

A nuvem ainda é um fator importante para o crescimento dos negócios, com 85% das empresas aumentando os gastos com nuvem ou planejando isso nos próximos dois anos. De fato, 36% estão na fase de planejamento e adoção inicial, embora apenas 19% tenham atingido um nível sofisticado de adoção da nuvem. As organizações devem se concentrar em otimizar sua infraestrutura de nuvem existente para obter maior progresso e perceber o valor de seus investimentos em nuvem.

Líderes apontam lacunas de talentos

Apesar das tecnologias de nuvem atuarem como um catalisador para o crescimento dos negócios, desafios significativos relacionados a talentos devem ser enfrentados para gerenciar e maximizar essas tecnologias. Mais de quarenta por cento (42%) dos líderes de TI expressaram preocupação em manter sua equipe atualizada sobre novas habilidades e tecnologias para adoção da nuvem. Para fazer isso, as organizações planejam incorporar treinamento contínuo em seu fluxo de trabalho para aprimorar e requalificar sua força de trabalho. Além disso, as empresas estão encontrando uma lacuna em competências não técnicas, como comunicação e habilidades pessoais (34%), bem como conhecimento de tecnologia e estratégia de negócios (32%). Essas necessidades se tornam cada vez mais importantes à medida que as organizações navegam em sua jornada de adoção da nuvem.

As empresas buscam abordagem responsável para adoção de IA

Para permanecerem competitivas, as organizações precisam aumentar seus gastos em cloud com iniciativas de IA. Nosso estudo revela que apenas 15% integraram IA em seus negócios, deixando uma oportunidade significativa de disrupção para os 85% restantes. Não surpreende que mais da metade de todas as empresas pesquisadas (55%) reconhece que têm mais a aprender sobre as implicações éticas da IA. A abordagem principal para a maioria dos entrevistados (43%) para abordar questões éticas é fazer com que os humanos revisem regularmente os modelos e resultados da IA. Essa abordagem garante que os humanos participem ativamente do processo de tomada de decisão, promovendo uma abordagem responsável e ética para a adoção da IA.

Navegando na tempestade cibernética

As violações são uma realidade inevitável para todas as empresas pesquisadas e 78% acreditam que uma violação provavelmente ocorrerá. No entanto, apenas 58% adotam uma abordagem proativa para as vulnerabilidades e ameaças de segurança, enquanto 42% optam por uma abordagem reativa. O relatório também destaca que apenas 43% adotaram o modelo de segurança Zero Trust, que é fundamental para criar resiliência.

“Mudar estrategicamente para uma mentalidade digital nativa da nuvem inclui alinhar o C-Level e a TI em objetivos compartilhados, alinhar com os resultados de negócios, avançar a tecnologia da nuvem, navegar pela IA ética e abordar questões de competências. Embora pareça assustador, recalibrar a abordagem das organizações ajudará as empresas a obter valor comercial mais rapidamente”, concluiu Naglapur.

O relatório, intitulado “De Barreiras a Avanços: Revelando Oportunidades de Crescimento com Inovação Habilitada para a Nuvem””, reuniu respostas de 2.264 participantes, incluindo C-Level, líderes de TI e desenvolvedores de empresas globais em cinco países: Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Austrália e Nova Zelândia.

Fique por dentro das inovações tecnológicas aqui no blog da https://www.itexperts.com.br/contato/

Originalmente publicado em TIInside

Mantenha-se atualizado

Leia também

BlogTecnologia e Educação

Escola na nuvem para professores

Quero saber mais
BlogNoticias

Novo mecanismo generativo AWS

Quero saber mais
BlogTécnico

Software nativo da nuvem: por que é importante?

Quero saber mais
Abra o chat
Olá, gostaria de um atendimento?
Olá! No que podemos te ajudar?