BlogTecnologia e Educação

5 tendências para o setor tech em 2023

Portal: Mundo RH – Tendências Tech para 2023
IA e Big Data tendem a permanecer entre as ferramentas mais utilizadas no próximo ano

O avanço do mundo tech impacta cada vez mais a rotina de empresas e usuários comuns. Em 2023, “novas” tecnologias, como o 5G, prometem participar diretamente na continuação deste progresso, além disso, tecnologias estabelecidas, como Inteligência Artificial e Big Data devem permanecer como tendências, tendo maior uso e novas explorações por partes das empresas.

A importância da utilização dessas ferramentas torna-se evidente a partir da pesquisa divulgada pela Deloitte em março deste ano. Cerca de 96% das 500 empresas ouvidas, cujas receitas somadas equivalem a 35% do PIB do Brasil, se comprometeram a investir seus faturamentos em inovações tecnológicas em 2022.

“Tecnologias como IA, Big Data e Cloud Computing devem continuar como protagonistas da área, até por não terem alcançado total capacidade produtiva que podem. Além disso, o 5G tem a capacidade de transformar muitas empresas em 2023, a partir das possibilidades que apresenta”, explica João Gabriel, head de tecnologia e Top Voice do LinkedIn.

Essa transformação, porém, também impõe novos desafios à segurança cibernética. Desde o início da pandemia do novo coronavírus, houve um crescimento do número de ataques virtuais que têm como objetivo a invasão dos sistemas de empresas e o vazamento de seus dados, sendo uma área que receberá atenção em 2023.

Abaixo, confira as perspectivas e tendências para o mercado de tecnologia no próximo ano:

– Tecnologias estabelecidas devem ditar o mercado
Mesmo com diversas possibilidades existentes no uso de tecnologias do Big Data, Cloud Computing e Inteligência Artificial, o campo a ser explorado ainda se mostra muito promissor para 2023. A partir dessa tríade, a criação de novos softwares e hardwares tem sido impulsionada nos últimos anos e promete continuar o mesmo caminho no ano que vem.

“Particularmente, considero essas três tecnologias essenciais para a evolução da informática e da humanidade”, conta João.

– Desenvolvimento de software desponta como área preferida por empresas
A aceleração digital transformou o modo como as empresas enxergam a tecnologia. Com a necessidade de ter programas responsivos que atendam o usuário final, as marcas passaram a focar na procura por profissionais especializados na questão.

Com a preocupação na usabilidade para os usuários se tornando evidente, o desenvolvimento mobile também passou a ser ponto chave desta equação para as empresas, já que o país possui hoje mais celulares que habitantes, segundo o IBGE. Diante desta perspectiva, profissionais da área de desenvolvimento de software devem continuar muito requisitados pelo mercado.

– 5G pode impulsionar IoT
Apesar de não ser uma tecnologia nova, o 5G promete transformar o modo como se utiliza a internet fora de casa, principalmente a partir de smartphones. A tecnologia que entrega mais velocidade na conexão com a internet, em comparação aos antecessores, está sendo aos poucos implementada no país.

Um dos grandes vencedores da maior velocidade proporcionada pelo 5G, deve ser o IoT ou Internet das Coisas, o conceito se refere à conexão de objetos do cotidiano com a internet, como geladeiras, máquinas de lavar e outros aparelhos. De acordo com dados da consultoria IoT Analytics, 14,4 bilhões de aparelhos devem se utilizar da conexão até o final de 2022 e 27 bilhões devem estar conectados até 2025.

– Segurança cibernética
A preocupação com a segurança cibernética promete ser um dos pontos focais de diversas empresas para o próximo ano. Segundo o relatório “Cybersecurity – Thematic Research” da GlobalData, empresa de análise e consultoria de dados, os gastos globais com segurança cibernética devem alcançar US$ 198 bilhões até 2025.

“Empresas que não invistam na segurança cibernética estarão perdendo muito. É vital ter profissionais especializados para evitar ataques, roubo de dados, entre outros transtornos que possam ocorrer devido à falta de investimento nesta área” explica o desenvolvedor.

– Lacuna de vagas no país não deve apresentar mudanças
Uma das grandes preocupações atuais e que deve persistir para 2023 é a falta de profissionais na área tech. De acordo com uma pesquisa da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e de Tecnologias Digitais (Brasscom), o Brasil deve chegar em 2025 com um déficit de quase 800 mil profissionais do setor.

“Pensando no curto prazo é uma realidade que não tende a mudar para 2023, mesmo com os cursos específicos ganhando cada vez mais força, eles não são o suficiente para suprir a demanda que hoje existe”, finaliza João.

Fique por dentro das inovações tecnológicas aqui no blog da https://www.itexperts.com.br/contato/

Originalmente publicado em Mundo RH

Mantenha-se atualizado

Leia também

BlogNoticias

Mistral Large (AI) – agora disponível no Amazon Bedrock

Quero saber mais
BlogNoticias

Tripé 5G, Edge Computing e Cloud exige mudança cultural na organização

Quero saber mais
BlogNoticiasTecnologia e Educação

Estatísticas da computação em nuvem na educação mundial

Quero saber mais
Abra o chat
Olá, gostaria de um atendimento?
Olá! No que podemos te ajudar?