BlogTécnico

Educação 4.0

O termo Educação 4.0 é uma referência à Revolução 4.0, ou Quarta Revolução Industrial, que se refere à incorporação do mundo físico ao digital através da evolução dos recursos tecnológicos.

A sociedade está em constante transformação, e com ela a Revolução 3.0, que desencadeou os avanços tecnológicos de maneira mais intensa a partir de 1970.

Desde então, a tecnologia vem sendo incorporada na sociedade gradativamente. Devido ao aperfeiçoamento de hardwares, softwares e as redes de computadores, surgiu a Revolução 4.0, caracterizada pelo uso intenso de tecnologias digitais e o acesso em tempo real às informações.

Vivemos na era digital, em que os recursos tecnológicos são aplicados nas mais diversas áreas para facilitar nosso dia a dia. Contudo, não estão totalmente integrados à escola. A educação precisa se adequar à nova geração e transformar o modelo clássico de ensinar.

Sendo assim, é necessário incluir a tecnologia no currículo escolar, explorar seus benefícios e aplicá-los no processo de ensino e aprendizagem, bem como interagir com todas as áreas de conhecimento.

Os jovens estudantes já têm a tecnologia integrada à sua vida cotidiana e esperam isso também da escola, então as instituições precisam atender a essas necessidades para acompanhar as mudanças e evoluir.

A base para esse processo são as Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), que consistem em um conjunto de recursos tecnológicos utilizados de maneira integrada, a partir da inteligência artificial, robótica, telecomunicação, entre outras.

Para que isso seja possível na educação, as tecnologias precisam ser utilizadas como ferramentas pedagógicas inovadoras que transformem as práticas educativas para facilitar o ensino com os recursos oferecidos.

Diante desse cenário, a Educação 4.0 tem a proposta de incorporar a tecnologia como recurso pedagógico para aproximar as atividades realizadas em sala de aula à realidade dos alunos.

O que é a Educação 4.0?

A Educação 4.0 é uma referência à Revolução 4.0, ou Quarta Revolução Industrial. A tecnologia está cada vez mais inserida no dia a dia da sociedade, pela rede mundial de computadores, automação, impressão 3D, digitalização, processamento de dados em massa e inteligência artificial, e as escolas precisam se adaptar a isso.

“Estamos a bordo de uma revolução tecnológica que transformará fundamentalmente a forma como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos. Em sua escala, alcance e complexidade, a transformação será diferente de qualquer coisa que o ser humano tenha experimentado antes”, diz Klaus Schwab, autor do livro “A Quarta Revolução Industrial”.

A Educação 4.0 faz parte dessa revolução e promete transformar a forma como adquirimos e transmitimos conhecimento, reestruturando a experiência de aprendizagem por meio da tecnologia.

Os conceitos que embasam esse novo modelo de educação são o learning by doing, que significa aprender fazendo pela própria experiência, e a cultura maker, que propõe o faça você mesmo.

A ideia é utilizar os recursos tecnológicos como ferramentas de interação, pois as vivências coletivas estimulam a criatividade e as competências socioemocionais, que são fundamentais no desenvolvimento global dos alunos.

Esse modelo proporciona a autonomia dos alunos e a responsabilidade de participar de forma ativa de sua educação, não somente recebendo o conhecimento pronto do professor.

Pilares da Educação 4.0

A proposta se baseia em quatro referenciais teórico-tecnológicos que buscam um processo de ensino continuado, que permite que os interesses dos alunos sejam considerados e abordados no processo de aprendizagem.

Cada um tem um objetivo específico para atingir esse fim:

1- Modelo sistêmico: avaliar o contexto atual e estabelecer estratégias para construir um plano de inovação efetivo.

2- Mudança do senso comum: utilizar referenciais teóricos que abordem a educação de um ponto de vista científico e tecnológico, permitindo uma base concreta para aplicar em sala de aula.

3- Engenharia e gestão do conhecimento: analisar as competências e habilidades dos alunos.

4- Cibercultura: preparar o ambiente de aprendizagem para oferecer de forma eficaz o novo modelo de educação.

Fonte: https://sae.digital/educacao-4-0/

Conheça ITExperts e nossas soluções em cloud para Educação.

Solução em infraestrutura educacional.

Mantenha-se atualizado

Leia também

BlogTécnico

Amazon CloudWatch: o que é?

Quero saber mais
BlogTécnico

Conheça o Amazon Braket

Quero saber mais
BlogTecnologia e Educação

Chegou o LMS Moodle 4.0!

Quero saber mais
Abra o chat
Olá, gostaria de um atendimento?
Olá! No que podemos te ajudar?