BlogTecnologia e Educação

Quatro cuidados que aumentam a segurança de plataformas LMS

Viver em um mundo que está mais conectado a cada dia nos faz buscar ferramentas tecnológicas que auxiliem a realização do nosso trabalho, aumentem a nossa produtividade e que, ao mesmo tempo, sejam seguras. Essa é a realidade na nossa vida pessoal e também nas empresas.

Diferentes áreas, incluindo Financeiro, Recursos Humanos, Marketing, entre outras, recorrem às ferramentas disponíveis no mercado que possam agregar valor ao seu dia-a-dia, sem descuidar da segurança dos dados envolvidos. Quando pensamos nas plataformas de treinamento não é diferente. Pelo contrário: é preciso ter muito cuidado com a segurança de plataformas LMS, afinal ela armazena nada mais nada menos que o conhecimento da empresa.

Nós sabemos que esse valor é praticamente imensurável. O ponto é que, geralmente, quem cuida dos treinamentos nas empresas é a área de Recursos Humanos. E quem normalmente se preocupa mais com questões de segurança é a turma de TI e Compliance. Nem sempre elas trabalham juntas ou têm grande interação, não é mesmo?

De todo modo, é importante que os profissionais responsáveis pelas plataformas de treinamento tenham conhecimento sobre questões importantes relacionadas à Segurança de plataformas LMS que as permita fazer uma primeira análise do fornecedor. Pensando nisso, resolvemos fazer esse post abordando alguns tópicos relacionados à segurança de plataformas LMS, mas de forma descomplicada, com o intuito de ajudar equipes que não são necessariamente técnicas a entender um pouco mais do assunto.

Quando falamos em segurança geralmente se pensa em roubo de dados, tipo hacker. Mas além desse risco existem outros não muito falados, como o controle de acesso, por exemplo. Isto é, a permissão de cada pessoa para ver somente a informação disponível para ela. Outra falha de segurança de plataformas LMS comum é a perda de dados. Além de falhas nos equipamentos que levam a essas perdas, também existem erros humanos, tanto de apagar ou sobre escrever informações corretas. Todos essas vertentes devem ser pensadas quando falamos em segurança de sua plataforma LMS. Vamos conhecer algumas:

Segurança em LMS: Tela de acesso ou login

Para fazer login em qualquer site precisamos informar um dado ao qual somente nós mesmos temos acesso: nossa senha! Apesar de isso ser uma característica de qualquer aplicação web, a recuperação de senhas é uma atividade que gera grande volume de trabalho às equipes de suporte. Como muitos usuários têm dúvidas neste processo, por mais intuitivo que ele seja, essa ainda é a maior demanda nas equipes de suporte aos treinandos.

O resultado disso é que muitos empresas acabam oferecendo opções de senhas super simples, como sugerir o uso do número do CPF ou a data de nascimento. Parece inofensivo, né? O problema é que, exatamente por serem simples, essas informações são facilmente acessadas por outras pessoas que podem realizar o acesso com os nossos dados.

Ou seja, apesar de ser chato digitar aquelas senhas grandes, alfanuméricas, com caixa alta e símbolos (ufa!), a vantagem é que seu acesso estará mais seguro. O que é mais fácil de adivinhar: 29031980 ou L1m@i5#? Pense nisso!

Segurança em LMS: Segmentação

Assim como em qualquer sistema que armazena informação, na plataforma de LMS também é muito importante que cada colaborador tenha acesso somente às informações ou cursos referentes ao seu cargo. O descuido no tratamento dessas informações pode fazer com que informações sigilosas e dados de outros colaboradores se tornem acessíveis de forma inadequada.

Certificar-se de que os perfis de acesso estão corretos, um por um, quando lidamos com centenas de usuários cadastrados não é tarefa fácil. Na verdade nem é viável, fazer um por um: com certeza ocorrerão erros que irão permitir que pessoas tenham acesso a mais informações do que deveriam e outras terão acesso limitado a informações que precisam.

Uma forma de simplificar esse processo é agrupar as pessoas por cargo e área, facilitando o cadastro e o controle dos usuários. Como o acesso estará associado ao cargo, se houver reposicionamento de cargos, os colaboradores automaticamente ganharão ou perderão o acesso a determinadas informações.

Segurança em LMS: Backup e recuperação de dados

“Sem backup, sem dados seguros.” Esta é uma das frases mais utilizadas pelos especialistas em Segurança da Informação para informar às empresas que elas precisam estar preparadas para o pior. Isso porque falhas humanas, problemas em hardwares e softwares ou mesmo incidentes – como incêndios ou alagamentos – sempre surgem de maneira inesperada, causando um impacto negativo em empresas que estão despreparadas.

Ter uma cópia de segurança, ou backup, é tão básico que é quase óbvio. Mas falar que tem backup é muito genérico. Você pode ter backup e não estar seguro.

*Primeiro, está atualizado? O backup só fica atualizado se for automatizado. Backup manual é quase sinônimo de backup desatualizado.

*O backup é a prova de falha. Mas e se o backup falhar? Você acha que é difícil acontecer, né? Mas não é. Alguém pode alterar os arquivos de forma equivocada e o backup automatizado pode sobrescrever o backup correto. Pronto. Desastre. Você não tem a cópia correta. Por isso é importante ter cópias com datas diferentes, para que você possa ter acesso a uma cópia mais antiga dos seus arquivos.

*Mas… e se o disco do backup falhar? Ter a segunda cópia em outro dispositivo é fundamental.

*Roubo ou incêndio? Mantenha cópias em lugares diferentes!

Com todas essas políticas definidas, você já está garantido quanto a backups, certo? Mais ou menos. Se algo acontecer, como você recupera os dados? É fundamental ter um plano de recuperação. Algo que te permita recuperar os dados rapidamente, deixando o sistema fora do ar por pouco tempo.

Configuração e monitoramento constantes da segurança de plataformas LMS

“Por que um hacker iria querer invadir nosso sistema? Ele não vai ganhar absolutamente nada com isso!” Esta é a resposta que alguns gestores dão ao serem questionados quanto aos riscos de sua plataforma de EAD ser invadida por hackers. Mas, diferentemente, do que eles pensam, esse não é o argumento mais adequado. Isso porque existem diversos perfis de invasores de sistemas na atualidade.

Enquanto alguns quebram o sigilo de sistemas para roubar dinheiro, outros os põe fora do ar apenas por diversão ou para provar as suas habilidades. Mas há hackers que podem invadir o seu LMS visando roubar as informações pessoais de seus colaboradores para expô-las ou vendê-las para as terríveis empresas que enchem nossas caixas de e-mail de spam. Mas também existem hackers que vão apenas usar o seu equipamento para hospedar seus aplicativos de uso malicioso.

Estes são só alguns dos cuidados que você precisa ter para garantir a segurança da sua plataforma LMS.

Fique por dentro das tendências e inovações educacionais aqui no blog da ITExperts!

Originalmente publicado em: https://literis.com.br/blog/quatro-cuidados-que-aumentam-a-seguranca-de-uma-plataforma-lms/

Conheça ITExperts e nossas soluções em cloud para Educação.

Solução em infraestrutura educacional.

Mantenha-se atualizado

Leia também

BlogTécnico

Saiba o que é open source (código aberto)

Quero saber mais
BlogNoticias

AWS Summit São Paulo: começa hoje!

Quero saber mais
BlogTécnico

Você já conhece o AWS Well-Architected?

Quero saber mais
Abra o chat
Olá, gostaria de um atendimento?
Olá! No que podemos te ajudar?