BlogTecnologia e Educação

Benefícios da tecnologia na educação

É impossível, hoje em dia, imaginar atividades que não sejam realizadas com o auxílio de tecnologias, sejam elas digitais ou não. A educação é uma área que aproveita de muitos recursos tecnológicos e que ainda pode avançar bastante na utilização deles, tendo em vista os enormes benefícios advindos do uso das metodologias ativas.

A internet ganhou força e um enorme espaço na educação no século 21, mas, para além dela, diversas tecnologias que não dependiam de computadores revolucionaram o ensino durante toda a história. Algumas, inclusive, nem de eletricidade precisavam.

Alguns dos principais avanços tecnológicos que auxiliaram o ensino durante a história foram o quadro negro, o projetor, a fotocopiadora (xerox), o corretivo, a caneta esferográfica, a calculadora portátil, entre muitos outros. Sim, a tecnologia é todo objeto, conhecimento ou técnica que modifique o ambiente para resolver problemas.

De seu modo, cada uma dessas invenções revolucionou a educação com as necessidades de sua época. Agora, a tecnologia na educação vem ganhando espaço para trazer novas mudanças, compatíveis com os desafios do nosso tempo.

Com a pandemia do novo coronavírus, foram perceptíveis os enormes avanços que as tecnologias digitais trouxeram para a educação. O uso de recursos tecnológicos por meio de computadores, não foram apenas benéficos, mas também, a única alternativa para manter as aulas funcionando, de forma online.

Mesmo com a retomada das aulas presenciais, estamos vendo que o ensino virtual veio para ficar.

Seja em cursos completamente a distância ou em cursos com a maior parte da carga horária presencial, as tecnologias aplicadas à educação podem trazer grandes benefícios para o sucesso da sua Instituição de Ensino.

O crescimento do uso da tecnologia na educação

Não é possível falar de tecnologia na educação, no atual momento, sem falar do ensino superior a distância. Essa modalidade de ensino, por se dar de forma online, tem em sua base a utilização de diversos recursos tecnológicos que possibilitam o seu funcionamento.

Entretanto, os recursos digitais não se inserem no EaD apenas pela própria necessidade de seu funcionamento. As tecnologias digitais podem ampliar as possibilidades de um ensino de qualidade.

Segundo o Censo da Educação Superior de 2019, o número de ingressantes em cursos a distância na rede privada ultrapassou o de cursos presenciais pela primeira vez, chegando a 50,7% (1.559.725) dos alunos daquele ano.

Já em 2020, ano fortemente afetado pela pandemia de COVID-19, entre o total de vagas ofertadas para o ingresso no ensino superior, 68,9% foram a distância e 31,1% presenciais. Do total das vagas a distância, 1,0% foram públicas e 99,0% foram privadas, de acordo com o Censo da Educação Superior de 2020.

Com a pandemia do coronavírus, o ensino presencial teve que se modificar para que suas aulas continuassem ocorrendo, dando assim, origem ao Ensino Remoto Emergencial (ERE).

O ERE foi essencial para que milhares de estudantes continuassem estudando, mas a falta de planejamento e dificuldade de adaptação de instituições de ensino aos recursos digitais fez com que esse modelo de ensino recebesse diversas reclamações, tanto de professores quanto de estudantes.

Outra realidade da educação superior brasileira é o ensino híbrido. Essa modalidade que mescla o contato mais próximo entre alunos e professores das aulas presenciais com a flexibilidade, liberdade e utilização da tecnologia advindos dos estudos de forma online.

Mesmo o ensino 100% presencial pode utilizar diversas tecnologias digitais. São exemplos o uso de recursos multimídias, que deixam as aulas mais dinâmicas e interessantes, e a aplicação de trabalhos extraclasse, que utilizam a internet e suas ferramentas para a realização.

O essencial é utilizar a tecnologia como uma maneira de melhorar o ensino, não apenas como uma forma de cumprir a carga horária do curso. Para isso, é necessário planejamento e engajamento dos gestores sobre como inserir essas inovações na IES.

A tecnologia e o novo perfil dos estudantes
A tecnologia tem se inserido em todas as esferas da vida das pessoas, sendo o ensino mais uma delas. O alto uso da internet fez com que os estudantes tivessem um novo perfil, muito mais engajado com o cotidiano online e com enorme facilidade para o uso de celulares, computadores e demais aparelhos eletrônicos.

Vemos crescer a tendência de presença do aluno em diversas redes sociais e o uso de ferramentas online, tanto as voltadas para a comunicação quanto para a educação.

– A necessidade de conciliar trabalho com estudo é uma das maiores dificuldades para os estudantes hoje em dia.

– O aumento de vagas em universidades públicas e a criação de programas como o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES), o Programa Universidade para Todos PROUNI e políticas de ações afirmativas contribuíram para que mais estudantes trabalhadores tivessem acesso ao ensino superior.

– Aulas flexíveis quanto ao tempo e ao espaço são imprescindíveis para que a nova geração de estudantes tenha condições de não apenas acessar, mas também de concluir o ensino superior.

– Esse novo aluno, mais engajado na internet e com menos tempo no seu dia, requer um ensino mais dinâmico, que utilize ferramentas diversas para otimizar o tempo e o aprendizado do estudante.

8 benefícios da tecnologia para a educação para os alunos e para os professores

Do ensino básico ao superior, a educação é uma das áreas que mais pode se beneficiar com o avanço dos recursos tecnológicos e da conectividade, cada vez mais presentes no dia a dia dos brasileiros.

Por isso, destacamos abaixo os principais benefícios que o uso da tecnologia pode trazer tanto para os estudantes quanto para os professores e como isso pode ser decisivo para a consolidação de instituições no mercado.

Benefícios para os alunos

Confira os principais benefícios da tecnologia na educação para os discentes:

1. Possibilidade de assistir à aula a qualquer momento
A possibilidade de assistir videoaulas em qualquer lugar e em um momento que se encaixe na sua rotina é um dos principais motivos pelos quais os estudantes procuram cursos EaD.

As videoaulas são grandes aliadas dos estudantes que possuem uma rotina corrida mas, mesmo assim, querem ampliar seus conhecimentos e ter melhores oportunidades de trabalho.

2. Maior facilidade de acesso a materiais digitais
Foi-se o tempo em que era necessário consultar longas enciclopédias para se ter acesso a alguma fonte de pesquisa.

Hoje em dia, os estudantes estão acostumados a fazer suas pesquisas com facilidade utilizando a internet e livros digitais. A tecnologia cumpre um papel importante no acesso a materiais diversos.

As IES devem incentivar a utilização de materiais digitais e garantir que seus alunos tenham acesso a materiais de qualidade, indicando sites confiáveis e investindo em bibliotecas digitais.

3. Acesso a professores renomados
A tecnologia diminui distâncias e permite que os estudantes tenham acesso a aulas de diversos professores, mesmo que eles dêem aula em outra cidade. As videoaulas permitem que os alunos frequentem cursos de profissionais renomados sem precisar sair de suas casas.

4. Maior acessibilidade para pessoas com deficiência
Já falamos acima como a tecnologia pode auxiliar na inclusão educacional de pessoas com deficiência. A tecnologia permite que os alunos com deficiência tenham acesso aos recursos necessários para superar barreiras e ter acesso a uma educação de qualidade.

Benefícios para os professores

Agora, veja quais são as principais vantagens para docentes:

1. Possibilidade de dar aula para um grande número de alunos ao mesmo tempo
Diferentemente da sala de aula física, a sala de aula virtual não tem limite de alunos (dependendo da plataforma utilizada).

Isso permite que o professor dê aula para um grande número de alunos ao mesmo tempo e não precise repetir a mesma aula para turmas diferentes, aumentando a produtividade e o alcance da aula.

2. Utilização de recursos visuais
Existem uma gama de recursos visuais tecnológicos que os professores podem utilizar em suas aulas, tanto presenciais quanto virtuais.

Esses recursos facilitam a didática, ajudam os alunos a se concentrarem na aula e contribuem para que o professor se planeje e mantenha a linearidade do seu pensamento durante a aula. O PowerPoint é uma das ferramentas favoritas dos docentes.

3. Acesso a mais fontes de pesquisa
Os professores são eternos estudantes. Para preparar uma aula é necessário muito estudo e pesquisa, e a tecnologia pode facilitar bastante o acesso a essas fontes de pesquisa.

Na internet e em bibliotecas online é possível encontrar materiais de qualidade sobre diversos temas, que podem auxiliar na preparação da aula.

4. Maior contato com outros professores
A tecnologia permite que professores e pesquisadores tenham maior contato com outros professores, até mesmo com profissionais que moram em outras cidades ou países.

Essa troca de informações pode ser útil tanto para que o professor aprimore seus conhecimentos quanto para que convide outros professores para lecionar aulas específicas para a sua IES.

Quais tecnologias podem ser usadas na educação?

Agora que você já conhece alguns dos principais benefícios da tecnologia na educação e está inteirado sobre as novas necessidades do estudante, descubra alguns exemplos de como implementar a tecnologia educacional em sua IES.

O processo de busca por soluções viáveis, perpassa pelo diálogo constante com alunos e professores. É muito importante que os recursos tecnológicos, escolhidos por sua instituição, favoreçam a colaboração e contribuam com a otimização do processo de aprendizagem.

O uso de plataformas repletas de recursos pode causar insegurança por parte do corpo docente. Por isso, antes de implementar qualquer novo recurso, é preciso conversar com os professores e garantir que eles possam contribuir com as suas percepções e novas ideias.
O plano pedagógico também irá dizer muito sobre quais serão as ferramentas adequadas para cada etapa do processo de ensino, além de garantir que elas sejam usadas de forma contextualizada. Desse modo, também será mais fácil identificar tecnologias educacionais confiáveis e minimizar os casos de falha ou erro.

Para te ajudar, conheça agora 5 exemplos de tecnologia na educação:

– Chats online para tirar dúvidas
– Armazenamento de atividades online
– Aplicativos educacionais
– E-books multimídia como recurso didático
– Videoaulas e palestras online

1. Chats online para tirar dúvidas

Durante a realização de atividades e exercícios, que extrapolam o tempo em sala de aula, é muito comum que surjam dúvidas entre os alunos. Incentivar a realização de ajuda mútua e troca de experiências entre os estudantes é o objetivo dos sistemas de chat.
O sistema já se mostra como uma solução amplamente usada pelos alunos e em distintos formatos, como videoconferência, salas online para grupos de estudo ou, até mesmo, no grupo da turma via WhatsApp. Além de sanar dúvidas, os chats também podem ser muito úteis para disponibilizar tarefas e postar lembretes.
Os chats online tem dois objetivos: facilitar o contato do professor com o aluno e facilitar o contato entre os próprios alunos. Com isso, a comunidade escolar fica mais conectada.

2. Armazenamento de atividades online

O professor pode compartilhar diversos conteúdos e atividades com a turma e armazená-las em uma plataforma online a qual todos têm acesso.
Existem diversas plataformas que permitem esse armazenamento e é papel da IES escolher a plataforma mais adequada para a sua realidade. Algumas dessas plataformas são: Google Drive, Google Classroom e Microsoft Teams.
Essa plataforma de armazenamento tem por finalidade otimizar o tempo de estudo e expandir as possibilidades de formato do conteúdo, como por exemplo vídeos, entrevistas e apresentações de slides. Essa opção também contribui com a autonomia do aluno, que poderá ter acesso instantâneo a todo o material das aulas para baixar e rever sempre que precisar.

3. Aplicativos educacionais

O uso de aplicativos pode agregar muito no processo de aprendizagem, facilitando a interação e conexão entre professores e alunos. Isso porque possuem funcionalidades compostas por objetos de aprendizagem e ferramentas de gestão somados a uma plataforma facilitadora, que pode ser acessada via celular, tablet ou computador.
Frente às inúmeras possibilidades de uso desses aplicativos é importante que o professor oriente os alunos para o bom uso e gestão dessas ferramentas em sala de aula. É preciso que os aplicativos selecionados auxiliem na jornada de aprendizagem e se adequem a rotina dos estudantes, uma vez que o uso excessivo dessa ferramenta pode confundir e até mesmo dispersar a atenção dos alunos.

4. E-books multimídia como recurso didático

Hoje em dia, é possível escolher se você prefere ler livros físicos ou livros digitais. Os e-books possuem grandes vantagens, como: são mais baratos, não é necessário carregar livros pesados na mochila e podem ser acessados em diversos aparelhos.
Muitos e-books também garantem a acessibilidade de pessoas com deficiência, por possuírem recursos de leitura de texto e possibilidade de aumento do tamanho de letra.

5. Videoaulas e palestras online

As videoaulas ganharam destaque durante a pandemia de COVID-19, mas tudo indica que elas vieram para ficar.
Mesmo em cursos presenciais, o formato de aula online pode ser aproveitado, principalmente para convidar professores de outras IES para dar aulas especiais sobre assuntos que eles dominam.
As palestras online também devem ser melhor aproveitadas. Esse formato permite que mais pessoas participem e diminui gastos com a infraestrutura do evento.

Fique por dentro das inovações tecnológicas aqui no blog da https://www.itexperts.com.br/contato/

Originalmente publicado em https://blog.saraivaeducacao.com.br/tecnologia-na-educacao/

Mantenha-se atualizado

Leia também

BlogNoticias

A COMPUTAÇÃO EM NUVEM JÁ FAZ PARTE DO SEU DIA A DIA

Quero saber mais
BlogTecnologia e Educação

Escola na nuvem para professores

Quero saber mais
BlogNoticias

Novo mecanismo generativo AWS

Quero saber mais
Abra o chat
Olá, gostaria de um atendimento?
Olá! No que podemos te ajudar?